Antiálbum 6

de Nereu Afonso da Silva

antialbum6_foto

Embora falso, digo sempre que, durante os dez anos que andei a pé em Paris, andava de cabeça erguida, com o olhar aberto, a coluna aprumada, recebendo a gente e o vento do mundo. Nas ruas de São Paulo, sou puro avestruz, olhos baixos, enfurnados nos sapatos. Desbussolado, eu quase babo e lato. Não tenho certeza do que determina essa fictícia mudança. Então digo, também com inelutável falsidade, que talvez seja a quantidade de barro das calçadas.


%d blogueiros gostam disto: