num canto natal

Dheyne de Souza

neste natal queria teus olhos escorregando nos braços das árvores, com uma saudade de um presente noel
aparando a chuva da telha, a sua espera de que pudéssemos estar sempre ali
as boas-novas derramando do teu riso, do teu brio, dos teus dentes ralhando a multidão que extravasa embutida nos piscas
nas pistas alinhavadas dos nossos embrulhos,
laços soltos outrora
embora
estiradas no chão as ausências nas cestas
as bolas vermelhas dormindo uma canção de poeira, de esquina, de que o mundo morde
as madrugadas.
uma ceia que não caísse espessa no cílio, abraçando o embaço, o frio, as janelas dançando lá fora
agora
um natal que não cai como foto, como floco, como o foco da luz sem o pisco

Uma resposta to “num canto natal”

  1. Histórias Possíveis – Edição de Natal « Diários da Cataluña Says:

    […] Dheyne de Souza, num canto natal […]

Os comentários estão desativados.


%d blogueiros gostam disto: